Virtual Assistance
Contact us
Unitec-cobot-vlb

Robots Vs. Cobots- Qual o Futuro?

O mundo está em constante mudança, com cada vez mais caminhos tecnológicos a serem descobertos, cheios de oportunidades e soluções. A indústria metalomecânica, à semelhança de outros negócios, precisa de se reinventar para acompanhar este crescimento.
Os novos caminhos tecnológicos, aplicados à indústria, trazem-lhe, sobretudo, a automatização de processos. Isto deve-se, essencialmente, à falta de mão-de-obra, mas, ao mesmo tempo, precede a um aumento de produtividade, com menos custos e menos probabilidade de erro. É aqui que entram os robots e os cobots, mas afinal o que os distingue e os que nos trazem para o futuro?

 

Robots Tradicionais

Os robots tradicionais foram aqueles que começaram a automatização dos processos de produção na indústria metalomecânica. Também conhecidos por robots “não-colaborativos” ou “industriais”, surgiram após a Segunda Guerra Mundial, aquando da falta de trabalhadores nas fábricas. Vamos analisar as vantagens e desvantagens deste tipo de equipamento:

Vantagens:

  • Desempenha funções sem necessitar de qualquer controlo humano;
  • Indicados para operações de grande escala, a uma velocidade considerada alta, não exigindo grande mudança de operações;
  • Programação sofisticada;
  • Poderá ser totalmente automatizada o que é benéfico para tarefas demasiado perigosas para os colaboradores;
  • Produção mais precisa e com menos probabilidade de erro.

Desvantagens:

  • O facto de trabalhar sem supervisão humana traz desvantagens a nível de segurança para os operadores;
  • São equipamentos caros e a sua programação tem de ser feita por profissionais, já que esta pode ser bastante complexa;
  • São estruturas pesadas, difíceis de mover e, como requerem barreiras de segurança, podem ocupar bastante espaço na área produtiva;
  • Necessitam de longos e constantes processos de integração, podendo retardar o ROI desejado;

 

Cobots- Robots Colaborativos

Com o passar dos anos, a indústria precisava de um sistema automatizado que pudesse trabalhar em conjunto com os humanos. Como vimos, os robots industriais são mecanismos que estão limitados a uma área, que não era acessível e compreendida por todos os colaboradores. Assim, desta necessidade, surgiram os cobots, robots colaborativos.

Vantagens:

  • Graças à alta flexibilidade que incorpora, o cobot manipula objetos, da mesma forma que um humano;
  • São instrumentos mais sensíveis às formas, linhas, espaços, prevenindo colisões e aumentando a segurança para os colaboradores;
  • Tem características que previnem, detetam e evitam colisões. Estão também equipados com sistemas de paragem segura e delimitações de espaço de segurança;
  • Modelos mais baratos, leves e acessíveis;
  • Trabalham, em conjunto com os humanos, em tarefas repetitivas;
  • Podem ser operados por qualquer trabalhador, já que incorporam interfaces intuitivas e simples de programar;
  • Uma vez que trabalham em conjunto, não necessitam de barreiras de segurança;

Desvantagens:

  • Geralmente, os cobots não suportam grandes cargas;
  • Para o cobot trabalhar 24/7, é necessário sempre um acompanhamento humano;
  • Sempre que um cobot sente a aproximação humana para além do limite de segurança, pode diminuir a velocidade ou até mesmo parar, o que pode levar a perdas de produção significativas.
unitec-cobots-unit
Máquina da VLB Group a trabalhar com junto com Cobot da UNITEC

 

Qual o melhor?

A verdade, é que não existe uma resposta totalmente certa a esta pergunta. Existe uma série de situações que serão necessárias analisar antes de decidir por um equipamento ou outro.

Numa fase inicial, necessita de examinar:

  • O tipo de aplicação que pretende dar ao robot;
  • Os níveis de produção e os objetivos que pretende atingir;
  • O peso da carga com que o robot trabalhará;
  • As condições do seu local de trabalho para instalar o equipamento, tendo em conta todas as normas de segurança;
  • Pretende a automatização integral ou parcial da produção?
  • Dispõe dos recursos humanos necessários?

Após responder a estas questões e analisando as vantagens e desvantagens mencionadas dos dois equipamentos, conseguirá descobrir qual é o mais adequado ao seu negócio. A escolha é sua.

 

 

A tecnologia está cada vez mais presente e vincada nos negócios, o que potencializa o aparecimento de novas soluções como os robots e os cobots. Os robots são equipamentos que conseguem trabalhar sem intervenção humana e desempenham, sobretudo, operações que de grande carga. Enquanto, os cobots, os robots colaborativos, conseguem oferecer praticamente a mesma capacidade produtiva que um ser humano e estão acessíveis a qualquer trabalhador.

Independentemente do equipamento escolhido, é necessário automatizar alguns processos de produção, para que o trabalhador possa focar a sua atenção em tarefas de maior relevância.

Caminhamos, a um ritmo cada vez mais acelerado, para um futuro totalmente tecnológico e inovador.